Drª. Marta Carriço

Artigo de opinião: Nutrição

   A nutrição tem vindo a demarcar-se como uma área sólida nos cuidados de saúde sendo considerada por clínicos, pacientes e familiares como uma área complementar e fundamental.

 Neste sentido, a nutrição integra-se num contexto interdisciplinar com vista a contribuir para um melhor estado nutricional dos indivíduos, quer numa perspetiva de cuidados de saúde primários, como secundários e terciários.

  Desta forma, as ciências da nutrição e a indústria farmacêutica têm vindo a caminhar no mesmo sentido ao longo dos anos, pelo interesse comum em abranger e integrar sectores relacionados com as ciências da saúde e a promoção de uma melhor qualidade de vida.

  Desta simbiose, surge a “Medical Nutrition” (Nutrição Médica) que é considerada por alguns especialistas como a convergência entre a indústria farmacêutica e a indústria alimentar. Esta complementaridade de sectores resulta na formulação de produtos nutricionais específicos.

  Os produtos encontram-se em constante aperfeiçoamento de forma a integrarem intervenções nutricionais e clínicas, baseadas na mais recente evidência. Estes desempenham um papel fundamental na minimização do impacto de sintomas e complicações clínicas associados à patologia (p.e. anorexia, disfagia, saciedade precoce, complicações do trato-gastrointestinal, entre outros), mas também na melhoria do prognóstico clínico relacionado com um melhor estado nutricional do indivíduo.

  Atualmente, como resultado de anos de investigação, a indústria faculta um vasto leque de produtos que contribuem para uma intervenção nutricional personalizada e adaptada. Nomeadamente, produtos de nutrição entérica (tais, como suplementos nutricionais orais, modulares de nutrientes, nutrição adaptada – textura e consistência, nutrição por sonda, nutrição pediátrica e outros) e nutrição parentérica, com distintas composições nutricionais.

 O farmacêutico integra e complementa a pluridisciplinaridade das ciências da nutrição, através do reforço do aconselhamento sobre produto e sua posologia. Adicionalmente, poderá contribuir na divulgação de produtos nutricionais e evidência associada junto dos profissionais no terreno, bem como identificar oportunidades de melhoria e contribuir no desenvolvimento dos mesmos.

    Numa perspetiva do profissional de nutrição, em contexto oncológico, claramente se destaca o papel da indústria farmacêutica e alimentar no desenvolvimento de produtos determinantes na melhoria da qualidade de vida dos doentes, suprindo défices nutricionais, que acarretam um impacto nefasto e significativo no seu prognóstico.

Marta Carriço (1805NE)

Equipa de Nutrição do Centro Clínico Champalimaud

Drª. Cristina Abreu

Artigo de opinião: Dermocosmética

    Como é do conhecimento geral, as alterações económicas e estratégicas que atingiram o setor farmacêutico nos últimos anos alteraram a forma como as farmácias passaram a gerir o seu negócio. Com a quebra na margem dos medicamentos e o aparecimento em massa de genéricos, a farmácia viu descer rápida e repentinamente a sua rentabilidade. Para compensar esta quebra e manter a rentabilidade do seu negócio, muitas farmácias começaram a desenvolver outras áreas de negócio. Surgem novas prestações de serviços aos utentes e a Dermocosmética, pela maior margem de lucro que proporciona vs os medicamentos, passa a ser vista pela farmácia como uma oportunidade. Desde então que o mercado da Dermocosmética tem vindo a aumentar, que outrora valia menos de 20%, e mais marcas têm vindo a ocupar os lineares das nossas farmácias.

   Só em 2016 pudemos encontrar mais de 12.000 diferentes referências de produtos de Personal Care nas farmácias; venderam-se mais de 20 milhões de produtos (em farmácia e parafarmácia) o que representou mais de 300 milhões de euros faturados!*

    Por outro lado, é um facto que a aparência física é muito importante no bem-estar e auto-estima de cada um e no relacionamento com os outros, e que as sociedades modernas impõem-nos determinados padrões de imagem, seja no emprego ou em eventos sociais, que se torna difícil não viver sobre a sua influência. A pele, sendo o órgão que nos separa do mundo exterior, tem um papel fulcral na nossa imagem e na impressão que causamos nos outros. Com as alterações económicas dos últimos anos e uma baixa auto-estima que se fez sentir entre a população causada pela instabilidade e perda de empregos; as pessoas começaram a sentir uma enorme necessidade em investir cada vez mais em si próprias a fim de recuperar a sua auto-confiança.

    Com isto, vivemos actualmente a era do foco no indivíduo; no equilíbrio entre o corpo e a mente e dos slogans “Cuide de si”; “Goste de si”; “Mime-se”… que chegam aos nossos olhos diariamente através dos múltiplos canais por onde circulamos. Novas marcas de Saúde & Beleza são diariamente introduzidas no mercado, não só em farmácia, mas nos mais variados circuitos. Novas marcas de luxo disponíveis em perfumaria; marcas próprias nas grandes superfícies; novas lojas de retalho de make up e cosmética que encontramos nos centros comerciais; spas e clínicas de estética com cosmética própria; cabeleireiros que já fornecem serviços para a pele; venda direta de cosmética porta a porta;…sem falar na gigante venda online!

    Não há dúvidas que a Dermocosmética está a viver hoje os seus dias de glória num mercado que se tornou altamente competitivo.

   Torna-se por isso urgente para a farmácia submergir neste mercado; capitalizar mais do que nunca a imagem credível do farmacêutico enquanto profissional de saúde e transformar o aconselhamento farmacêutico em Dermocosmética também num aconselhamento de excelência!  

    Contamos que este curso e-learning em dermocosmética ajude nesse caminho pois acreditamos que o conhecimento técnico, a especialização e a formação contínua dos nossos profissionais continuam a ser as armas capazes de nos fazer destacar e liderar.

Boa Sorte!

Cristina Abreu

Dia Mundial do Dador de Sangue

Dia Mundial do Dador de Sangue – 14 de junho de 2017

   Anualmente, a 14 de junho, celebra-se em muitos países o Dia Mundial do Dador de Sangue. Esta data serve para relembrar a necessidade de sangue e componentes seguros, bem como agradecer aos dadores de sangue as suas dádivas que constituem um presente de vida.

  O sangue é um recurso essencial, quer para tratamentos planeados, quer para situações de urgência. Pode ajudar os doentes, em situações de ameaça à sua vida, a viver mais e com melhor qualidade; sendo essencial em algumas cirurgias de grande complexidade. O sangue é ainda vital para o tratamento de feridos em situação de emergência de diversas naturezas (desastres naturais, acidentes, conflitos armados, etc.).

Mensagem da Campanha deste ano definida pela OMS – Organização Mundial de Saúde

   As transfusões sanguíneas são um componente essencial dos cuidados de saúde. As emergências aumentando a sua procura, fazendo do fornecimento destes produtos um desafio permanente e complexo. Uma oferta adequada nestas situações pressupõe um serviço de sangue bem organizado e esta tarefa só pode ser conseguida, envolvendo toda a comunidade e mantendo uma população de dadores voluntários e altruístas que efetuam dádivas de sangue regularmente ao longo do ano.

Slogan: O que pode fazer!? Dê Sangue. Dê Já. Dê Regularmente.

  A campanha deste ano centra-se nas dádivas de sangue em situações de emergência. Numa crise ou situação de emergência, a resposta natural é “O que posso fazer?” “Como posso ajudar?”. Neste sentido, o slogan da campanha deste ano é “O que pode fazer!? Dê Sangue. Dê Já. Dê Regularmente.”

    A campanha sublinha o papel que cada um de nós pode desempenhar na ajuda aos outros dando sangue, pois este presente não tem preço. Destaca ainda a importância de dar sangue regularmente, para que os stocks de componentes sanguíneos estejam em níveis confortáveis antes da situação de necessidade surgir.

Objetivos da campanha deste ano:

  • Encorajar os dadores e potenciais dadores a reforçar a capacidade de resposta dos serviços de saúde, dando sangue;
  • Dotar os serviços nacionais de saúde de programas eficazes de promoção da dádiva de sangue, para que possam responder de forma rápida em caso de emergência;
  • Incluir os serviços nacionais de sangue, nos planos de contingência, em situações de catástrofe;
  • Aumentar a população dadora de sangue, bem como divulgar ativamente a necessidade de distribuir as dádivas ao longo do ano, mantendo assim a estabilidade e autossuficiência dos stocks de componentes sanguíneos;
  • Celebrar e agradecer individualmente aos dadores e encorajar os jovens a tornarem-se também dadores regulares;
  • Promover a colaboração internacional e reforçar globalmente o consenso à volta dos princípios da dádiva não remunerada, garantindo componentes sanguíneos seguros e a sua disponibilidade em quantidade suficiente.

-IPST, adaptado de OMS

Instagram

🌍 No âmbito da Campanha de Sensibilização para os Direitos Humanos, a LisbonPH doou um Kit de Primeiros Socorros às crianças e jovens residentes no Wanalea Children’s Home, em Nairobi, Quénia, através do projeto “Dádivas de Esperança” da Associação da Defesa dos Direitos Humanos @addhuaddhu 
A esta agradecemos todo o trabalho que realiza em prol de um mundo mais justo e feliz!

Também queres contribuir para esta causa? Explora o catálogo do projeto em http://www.addhu.org/ficheiros/ADDHU__Catalogo_Dadivas_de_Esperanca.pdf e descobre como podes ajudar!
Para 2018 a LisbonPH deseja a todos os estudantes e profissionais de saúde um futuro mais empreendedor, criativo e multidisciplinar.

A todos um óptimo Ano Novo!
2018 promete novidades aos recém-mestres e aos estudantes que brevemente o serão. A equipa não podia estar mais empolgada para te contar tudo! A tua história pode começar aqui...
Curioso? Fica atento às redes sociais da LisbonPH!
A LisbonPH esteve hoje presente na Tomada de Posse dos Órgãos Sociais da @aefful para o mandato de 2017/2018. É um prazer para nós partilhar a nossa casa com esta instituição e queremos deixar os votos de um excelente mandato e de um ano recheado de sucesso.
Hoje estivemos presentes no evento Let's Talk About Science, um evento que conjuga a vertente de investigação com a inovação, organizado pela AEFFUL em parceria com a LisbonPH. Obrigado a todos os que estiveram presentes🔬
No dia 10 de dezembro de 1948, a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou a Declaração Universal dos Direitos Humanos e, desde então que, neste dia, se celebra o Dia Internacional dos Direitos Humanos, em homenagem ao empenho e dedicação de todos os que têm contribuído por um mundo mais justo e igual. 
Tens a oportunidade de, durante o dia de amanhã, assinar petições da Amnistia Internacional, de uma forma digital. Não percas a oportunidade, de poderes fazer uma grande diferença com um pequeno gesto!

Desperta o teu lado Humano.

#PartilhaOsTeusDireitos
💊💹💲 O FEPS'17 está quase aí e a equipa continua a trabalhar para te trazer o melhor evento possível!

Tens apenas 3 DIAS até ao fim nas inscrições - Vens discutir O Valor do Medicamento?
Hoje marcámos presença em mais um jeDAY para comemorar o dia internacional do Júnior Empresário, desta vez organizado pela Nova Junior Consulting. Trouxemos connosco dois dos nossos Alumni, Margarida Gaião e Cláudio Carmona, que integraram a Mesa Redonda subordinada ao tema "Junior Enterprises Shaping Career's". Consideramos muito enriquecedor a partilha de conhecimento e experiências entre Júnior Empresários.

#TogetherWeGrow
Hoje voltámos ao Porto para dar um Workshop de empreendedorismo na Saúde no Business Camp da @nowscience . É um prazer poder espalhar o empreendedorismo juvenil por Portugal!

Próximos eventos

Não existem eventos agendados de momento.